segunda-feira, novembro 17

Passageiro...
















Fernanda escreveu sobre o ‘passageiro’.
Disse-me ter escrito de forma tão inesperada, despretensiosa, ocasionalmente...
O que ela não imaginava era o quanto que o seu discorrer sobre o passageiro atingiria de forma tão fulminante minha carne.

Sou essa matéria, composta da mesma substância que todos, mas recheada desses sentimentos todos que poderiam embalar mais de uma vida.
E nesse excesso de sentir, espectro de pensamentos e desejos...me vi vencida pelo passageiro

Os dias que passam...
As pessoas, os amigos de escola, os sonhos de menina, os gostos, a moda, as manias...

Mas tem coisa que cisma em não passar...
E talvez esteja aí o poder secreto do passageiro

O ficar quando precisaria ir
E o ir quando deveria ficar

Perguntei então à Fernanda:
­­__ Tudo passa?

Espero que sim!

(Darla)


3 comentários:

Darla disse...

E também li isto de um certo rapaz que comentou o texto da Fernnada:

"Nem tudo passa, às vezes fica a vontade de permanecer"

Vívian disse...

Fica tranquila menina

Tudo nesta vida passa

os momentos felizes... e felizemnte os momentos infelizes tbém

depois vou te passar um texto sobre o assunto, escrito pelo Chico Xavier

bjs

Benet disse...

"...Se tudo passa ?? Como se explica o amor que fica nessa parada..."
Zeca Baleiro

Tudo passa...menos o amor...digo o verdadeiro amor...

Related Posts with Thumbnails