sábado, janeiro 31

 
Ondas castanhas agora já embriagadas de sal e mar
Visitam os vastos litorais do conhecer humano
Banham seios adoráveis
Registram cenas na madrugada de areia fria e mar ameno
E uma fina garoa a tocar as costas

Ondas castanhas que encontraram aconchego no entrelaço moço
E que nostálgicas seguem a linha, respirando o cheiro e desejando o dia

Ondas castanhas que agora mais que sorriem na direção sudeste
Quando foram alcançadas.

(Darla)

2 comentários:

Anônimo disse...

Resumindo rs....tudo segue um caminho, até as ondas. Beijão lindinha

Belinha disse...

A vida segue...
boa forma de dizer

Related Posts with Thumbnails