sábado, março 7

Ausência


Fez-se casca e perguntou-se:
Existe?

Ouviu respostas que precisava,
contou as horas corridas
e se recolheu.

Até que viu aqueles olhos cheios de lágrimas de dor
e se viu neles
como não imaginava mais poder ver
e percebeu que tudo poderia ser muito mais difícil do que lhe parecia até então.

E chorou
E sorriu o desespero
Adormeceu no sofá
E quis dizer que sim
e que sim
e que sim
...

Despertando, achou que melhor agora seria fugir...

Até que a ausência anunciada lhe gritou aos ouvidos
e não havia mais o que dizer, o que procurar, esperar ou desejar.
Ela se fazia presente há muito.

Era melhor acolhê-la
e assim se fez.

(Darla)

2 comentários:

Música e caipirinha disse...

..a ausência anunciada lhe gritou aos ouvidos e não havia mais o que dizer.. . Estou passando por algo que se encaixa nesta frase.

Fernanda disse...

"E quis dizer que sim e que sim e que sim"
Lindo texto! gostei muito!!

beijos, amiga!

Related Posts with Thumbnails