domingo, março 15

Um bom amante


Corpo estirado sobre a cama
Próximas aos olhos, as letras em caixa alta:
FELICIDADE CLANDESTINA
Era ele, o “amante” do dia.

Um cheiro de sabão em pó das colchas recém lavadas
Algum sol cortando as persianas,
mas ainda uma meia luz...
E ela abria e fechava os olhos e o via, ali, sob seus olhos, apaixonado e amado.
E ela riu-se, riu-se embriagada e respirou com o rosto sufocado pelo travesseiro.

Como é simples ser feliz em pequenos e sorrateiros momentos do dia,
como naquele, pós almoço: hora do melhor dos sonos, das preguiças e dos pensamentos altos e longes...

Engoliu-se suspirando,
Sorriu,
Espreguiçou-se...

E tocando-o, enfim adormeceu...


(Darla)

5 comentários:

Música e caipirinha disse...

estou sem palavras.. sem fôlego.. e de boca aberta.. rsss que texto perfeito menina!!!!

Algum sol cortando as persianas,
mas ainda uma meia luz..

Prof Hudson de Aguiar disse...

Nossa! Que palavras intensas! Você é muito talentosa em poesia! Que legal! Isso é mais uma prova de que o ser humano deve explorar todas as suas potencialidades: "humanas" e "exatas".
Adoro isso! Valeu!!
Beijos, Hudson.

Anjuh disse...

hum...
Alguem ja ficou sem palavras na sua frente?
Vc escreve muito bem e alem de escrever bem,vc tem um jeito unico e subtrativo de dizer as coisas...
Parabens!

Lis disse...

Suspirando...Deu para sentir o sol passando pelas persianas e o aconchego do momento ao ler suas palavras...lindoooooooooooo
Eta vontade de estar apaixonada!! rsrsrs
Bjus e obrigada pela visita!Volte sempre porque eu voltarei!!

Fran* disse...

Esses amantes do dia, noite e madrugada são insubstituiveis!Debruçada na cama sob o sol da janela, na cadeira banhada pela lua companheira de madrugadas, ou em qlq cantinho mais acolhedor.
Deixa em mim um bem querer tão doce ler vc, e saber q de alguma maneira descabida, te conheço.

Beijos meu bem

Related Posts with Thumbnails