quinta-feira, março 19

Um suco de nuvem, por favor


Queria tomar suco de nuvem
e pílulas de leveza todos os dias, em jejum.

E ouvindo o ‘último romance’
deixar os ombros se moverem como em ondas,
os olhos se apertarem, repetindo o refrão.

E nessa hora, um vento novo iria ganhar todo o apartamento
e fazer ali o filhote de furacão que sempre quis ser,
o futuro de toda delicadeza que se preze [como disse Clarice].

Talvez mexer três folhinhas bem de leve ou arrancar três sorrisos bem disfarçados seja o bom começo para o meu futuro de furacão.

Acho que queria tomar mesmo era um porre de nuvem
e tarja preta de leveza em pílulas [bem pequenininhas].

E que de tão brisa, de tão acima, de tão flutuante que eu seja...
Possa ser só alma vagando atrás do último olhar.

(Darla)

4 comentários:

Música e caipirinha disse...

Linda vc !
=]

Fran* disse...

Você consegue ser tão doce q me inebria, sufocando os poros e transbordando uma paz q as vezes desconheço.
Me toma sorrisos desbocados, um brilho nos olhos tão necessarios ultimamente.
Me aconchega, em tuas linhas tão especialmente delineadas aqui.

Um beijo.E obrigada!
=)

Darla disse...

Fran, muito obrigada pelo delicioso suco de nuvem que você me deu com suas palavras ...
Muuuuito obrigada!
bjo menina, vc é preciosa!

Anônimo disse...

Suco de nuvem é uma boa, para dar uma balançada na vida, fazer ela deixar de ser tão monotona....bjão menina sumida

Related Posts with Thumbnails