quinta-feira, dezembro 11

Ele

Ele veio me falar há pouco
Discorrer sobre seu dia sem muito da minha atenção.

Hoje realmente tentei e na maioria do tempo consegui manter-me à distância
[não muito...mas algo realmente triunfante pra quem é sempre tão intensa]

Confesso-lhe, meu caro leitor confidente, que por várias vezes no dia me peguei com o olhar rasteiro, espreitando-o obliquamente com um olhar encoberto, desses que escondem um oceano...

E por vezes me peguei de canto acertando os ponteiros da hora, chorosa do tempo que passa e do porquê do meu cansaço.

Ainda há pouco, Ele, que não suportou tanto escárnio, veio questionar-me sobre minha desconsideração:
Nenhum sorriso, nenhum afago...um oi talvez, ou muito menos...

E como sou sensível frente a esses clamores Dele!

Temo perder-me em desalinho novamente...

Ahhh...

Quem é Ele? Interessa-lhe mesmo saber? Não o sabe, já que me acompanha os passos há tanto?

Certo, não posso exigir-lhe assim...
Ele...
Ele é esse sentimento todo...que cisma em fazer parte de mim.

(Darla)

Um comentário:

João Paulo Soares Pinheiro disse...

Este ficou legal...Cheio de mistério, aposto que muitos estão loucos para saber quem é este 'Ele'...Beijos...João Paulo

Related Posts with Thumbnails